Blog

« voltar

19/08/21

Você conhece os 5 principais problemas ocasionados pela ineficiência da gestão do mix de produtos?

Os 5 principais problemas causados pela ineficiência na gestão do mix de produtos em um supermercado, de acordo com dados compartilhados pela empresa 5Ps, parceira da Go Varejo, e obtidos por meio de consultoria prestada a centenas de empresas supermercadistas são:

1°) Comprometimento do capital de giro:

Em um setor do varejo no qual, em média, o lucro líquido de um supermercado deduzido impostos, despesas operacionais e imposto de renda, fica entre 3% a 5%, uma ineficiente gestão do mix, ocasiona estoque elevados de produtos de baixo giro. Esta elevação pode ocorrer de duas formas:

- Através de grande quantidade em volume de um mesmo produto de baixo giro e; 

- Pelo excesso de número de marcas de produtos e/ou categorias de baixo giro. 

Desta forma, mesmo que o supermercado faça uma boa gestão de resultados, apurando mensalmente o demonstrativo de resultados (DRE) e fazendo uma boa gestão de suas despesas, pode acontecer de o gestor financeiro não conseguir identificar o resultado na conta bancária da empresa devido ao comprometimento do capital empregado em estoques de produtos “inadequados”.

2°) Ruptura operacional e comercial elevada.

Uma boa gestão do mix de produtos além de aliviar o capital de giro reduz drasticamente a ruptura de produtos, seja ela por motivos operacionais ou comerciais.

Referente à redução das rupturas comercial e operacional, quando realizado uma eficiente gestão do mix, o motivo é obvio: Estatística! Quanto menos produtos o comercial tem para levantar estoques, definir volumes de compras, realizar negociações e acompanhar o faturamento e entrega, menores as chances de imprevistos e falhas ao longo desta cadeia de negociação e abastecimento.

Da mesma forma, ao realizar-se um estudo e implantação do mix ideal de produtos torna-se operacionalmente menos complexo os processos de armazenagem e abastecimento, considerando um mix de produtos mais enxuto, porém com a amplitude (presença de todas as categorias de produtos necessárias) e profundidade (opções de marcas, tamanhos etc.) adequadas ao perfil de cada supermercado e definido individualmente de acordo com dados de vendas deste.

3°) Comprometimento do poder de negociação.

Ao desconcentrar as compras em muitos fornecedores e/ou marcas de produtos, o supermercado perde volume de compras que poderia ser utilizado como moeda de troca em busca de melhores preços na aquisição de produtos, impactando diretamente sua margem de venda, competitividade e imagem de preço.

4°) Falhas na otimização dos espaços em gôndola/depósito

O planograma de gôndola e balcões é impactado diretamente pela ineficiência na gestão do mix de produtos.

Como exemplo, cita-se o caso do setor de perfumaria que, geralmente, promove atualizações/lançamento de novos produtos com frequência elevada e que, ao não se definir e revisar periodicamente o mix ideal de produtos, ocasiona que muitos produtos cadastrados disputem o espaço na gôndola penalizando marcas, tipos e fragrâncias que possuem maior desempenho de vendas e que consequentemente deveriam ter um maior número de frentes nas gôndolas. 

Consequentemente, ocorre o aumento da ruptura de produtos (mais frequentemente em períodos de maior venda), dificuldade na gestão da precificação e impactos negativos sobre a experiência de compra dos clientes que tem que promover um esforço maior para encontrar os produtos que procuram.

5°) Impacto na produtividade de repositores e colaboradores de depósito.

Com a implantação do mix ideal de produtos é possível melhorar a produtividades dos colaboradores de depósito, além de melhorar a layoutização e organização deste setor. Da mesma forma, a produtividade da equipe de repositores é ampliada permitindo que estes dediquem mais tempo de seu trabalho em processos de manutenção de etiquetas de preços, limpeza das gôndolas e produtos, ajuda no empacotamento das compras e orientação ao cliente, por exemplo.

Entre em contato com a Go Varejo e conheça em detalhes a consultoria em Gestão do Mix Ideal realizada em parceria com a 5P's consultoria.

Danilo Bastos – Diretor de Operações Grupo Go.